• Marcelo Reis

O que é Yoga?




O termo Yoga deriva da raiz yuj, "ligar", "manter unido", "jungir". O vocábulo Yoga serve geralmente para designar toda prática que visa o desenvolvimento espiritual ou método de meditação. Evidentemente, tais asceses(1) e meditações são valorizadas de forma diferente pelas diversas correntes de pensamentos filosóficos Hindus.


Existe um Yoga Clássico, exposto por Patañjali no tratado Yoga Sutra, este sistema que aproximadamente foi composto em 150 d.C. Expõe o Yoga de forma escrita em versos, onde até então os ensinamentos eram passados pela forma oral, conhecida como Parampara(boca-ouvido).


Yoga é uma tradição com aproximadamente cinco mil anos de história, ou mais. Existem alguns princípios básicos que facilitam o acesso a cada um dos numerosos aspectos dessa filosofia de libertação (Moksha-shastra). O objetivo de libertar do conceito de "quem somos", e entender o "que somos." Vislumbrar um ser real que está muito além do nosso corpo, da nossa mente, dos nossos bens e dos nossos relacionamentos.


Do ponto de vista de um Yogue, o ser é o próprio Ser imortal(uma energia evolutiva) e supraconsciente(2), livre e ilimitado. Muitos dos ensinamentos do yoga têm como objetivo o despertar dessa verdade fundamental.


Existem diversas formas de Yoga, assistemáticas e também os Yogas não bramânicos (por exemplo, o dos budistas e dos Jainas), esta diversidade de estilos surge porque somos indivíduos que possuem características diversas, assim os mestres do Yoga elaboraram diversas metodologias; podendo assim alcançar os mais variados tipos de personalidades, mas com o mesmo objetivo final, o Samadhi, estas características emocionais e mentais adaptam-se em sete linhas clássicas:


1. Râja-Yoga(asthanga yoga)(3): O "Yoga Real", o "Yoga Clássico", seu objetivo a libertação(Moksha) é dada pelo desenvolvimento dos oito angas de Patañjali com grande ênfase na meditação; os praticantes de grande capacidade de concentração e renúncia do mundo tem mais aptidão a esta linha;


2. Hatha-Yoga: O "Yoga da Força", a libertação por meio da transformação física como ferramenta principal; Os oito Angas também são a base desta escola.


3. Jnana-Yoga: O "Yoga da Sabedoria", desenvolve a libertação por meio do exercício perseverante do discernimento superior; que distingue o Real do ilusório;


4. Karma-Yoga: O "Yoga da Ação", a libertação por meio do serviço auto transcendente; adequado aos que que tem dificuldade para a concentração e a meditação, é um caminho necessário para todos que praticam o Yoga em geral.


5. Bhakti-Yoga: O "Yoga da Devoção", tem por objetivo a libertação por meio da entrega de si mesmo ao divino, principalmente praticado por pessoas com maior sensibilidade de sentir e compreender a transcendência de forma impessoal.


6. Mantra-Yoga: O "Yoga dos mantras", busca a libertação por meio da recitação (vocal ou mental) de sons específicos, como Om, Ram, Hare Krishna, etc.,


7. Tantra-Yoga: O "Yoga da Continuidade”, objetiva a libertação através de rituais, de visualização, Mentalização e do trabalho energético sutil da percepção do mundo comum e a realidade transcendente.


As linhas de Yoga baseiam-se em uma vivencia ética e saudável. conduzida pelo princípio do Dharma(4), virtude e conhecimento. Estes aspectos chamamos de Yamas e Nyamas e também a compaixão (karuna) e a benignidade (Maitri).


Para atingir a Libertação o objetivo final do yoga, não podemos deixar de entender e praticar os dois primeiros Angas, os Yamas e Nyamas que tratam da ética e das relações sociais.


Portanto podemos dizer que Yoga é um processo de transformação, onde a mudança de condicionamentos inconscientes, vão se ajustando de forma mais elevada, uma jornada de autotransformação.


A libertação, acontece quando há muita disciplina nas práticas físicas ou mentais, e nos estudos.



"Não existe esforço perdido; mesmo a mais tênue tentativa de autotransformação tem os seus efeitos. É o nosso esforço paciente e cumulativo que mais cedo ou mais tarde floresce na iluminação".

Trecho do livro "Uma Visão Profunda do Yoga" de Georg Feuerstein.








1- [Ascese] consiste em uma prática que visa ao desenvolvimento espiritual. Muitas vezes, essa prática consiste na renúncia ao prazer e na não satisfação de algumas necessidades primárias.

2 - [Filosofia] Consciência superior, mais elevada: a serenidade é necessária para levar a mente a um estado de supraconsciência.

3 - [Asthanga yoga] é o yoga dos oito membros, os passos de patañjali, não confundir com Asthanga Vinyasa Yoga de Sri Pattabhi Jois.

4 - DHARMA (suporte). [hinduismo]Termo dotado de numerosos significados; muito usado no sentido de "lei", "legalidade", "virtude", "justiça", "norma".

[Budismo]-Estudar e refletir sobre os ensinamentos, exercitar a generosidade com os demais, alimentar pensamentos de amorosidade, consolidar rotinas disciplinadas, incentivar gestos positivos, contrapor tendências egoístas.

© 2023 por Marcelo Reis - 

 Todos os direitos reservados.
É permitido a reprodução dos conteúdos deste site desde que sejam citados a fonte e o autor.

Politica de Privacidade

 

 contato@yogamarceloreis.com

Atendimentos com Thai Massagem em:

Maha Ganga - Terapias de Acolhimento

www.mahaganga.com.br

Rua Republica do Iraque, 1326 - Galeria Memorial loja 15 - Campo Belo - São Paulo